Silvex - Indústria de Plásticos e Papéis, S.A.

Muito mudou desde Abril de 1968, mas o nosso propósito de encontrar soluções simples para tornar a vida mais fácil mantém-se o mesmo desde há 50 anos. 


Sediados em Benavente, onde desenvolvemos e fabricamos os mais de 1.500 artigos que chegam aos consumidores dos 5 continentes, somos hoje uma equipa com mais de 250 pessoas empenhadas em contribuir para soluções práticas e originais para o dia-a-dia!

Somos uma referência nacional e internacional no setor dos sacos de plástico e de papel, películas aderentes, rolos de alumínio e soluções biodegradáveis. Produzimos e comercializamos produtos de proteção, conservação alimentar, sacos para lixo e produtos de limpeza. A inovação está presente no nosso ADN, o que nos tem permitido revolucionar o mercado com novas soluções.

O que temos vindo a fazer? 

  • A ouvir, a observar e a questionar o que pode ser melhorado.
  • A ver desafios onde outros viram um risco. Experimentámos, arriscámos e encarámos os nossos fracassos como oportunidades de desenvolvimento.
  • A investir na inovação, na tecnologia e nas nossas pessoas. Acreditamos que o caminho do crescimento passa por apostar nos recursos e na inovação. 

Queremos continuar… 

  • A inventar, a criar e a fabricar produtos inovadores e de qualidade que tornem mais fácil a vida dos nossos clientes.
  • A investigar e desenvolver materiais alternativos como os bioplásticos, que contribuem para a redução da pegada ecológica.
  • A liderar a mudança, procurando produzir produtos inovadores, que permitam minimizar o impacto ambiental e acrescentar valor.

Todos os dias trabalhamos para sermos melhores…

Na Silvex estamos empenhados ao mais alto nível na manutenção e melhoria contínua do nosso Sistema de Gestão Integrado para uma gestão eficaz e competitiva. Adotámos medidas que promovem a Gestão da Qualidade (norma NP EN ISO 9001), a Gestão Ambiental aplicável à nossa unidade fabril (norma NP EN ISO 14001), Segurança e Higiene no Trabalho (OHSAS 18001), FSC-STD-40-004 e BRC – For Consumer Products.

O nosso compromisso…

  • Produzir produtos seguros, com qualidade, no respeito pelo ambiente e pela segurança e saúde no trabalho. Cumprimos com os requisitos legais, normas e outras exigências aplicáveis à produção, assim como à atividade da Empresa, para satisfazer clientes e partes interessadas.

  • Minimizar os impactos ambientais que resultam direta ou indiretamente da nossa atividade através da análise da perspectiva do ciclo de vida dos nossos produtos, prevenindo a poluição. Damos sempre prioridade à reutilização seguida pela reciclagem. Incentivamos a utilização de novos materiais referenciados ecologicamente. A responsabilidade ambiental é um dever de todos em prol das gerações futuras!

  • Eliminar os riscos significativos identificados, de forma a melhorar as condições de trabalho e prevenir a ocorrência de lesões e danos na saúde.

  • Formar, informar, motivar e sensibilizar os nossos colaboradores para que zelem pela sua segurança e dos seus colegas, pelo ambiente e pela qualidade das tarefas que desempenham, atuando sempre, de forma consistente, ética e responsável. O mesmo princípio aplica-se aos nossos clientes e fornecedores.

  • Promover a melhoria contínua, avaliando o desempenho do Sistema Integrado de Gestão, na definição e revisão dos objetivos estabelecidos pela Silvex.

  • O não envolvimento, direto ou indireto, nas atividades definidas como inaceitáveis pela Política de Associação de Organização com o Forest Stewardship Council (FSC):

a) Corte de madeira ilegal ou comércio ilegal de produtos florestais ou madeireiros;

b) Violação de direitos tradicionais e humanos em operações florestais;

c) Destruição de atributos de alto valor para conservação em operações florestais;

d) Conversão significativa de florestas em plantações ou uso não florestal;

e) Introdução de organismos geneticamente modificados em operações florestais;

f) Violação de qualquer uma das Convenções da OIT (ILO Core Conventions) conforme definido na Declaração da OIT sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, 1998.